Buscar
  • Silvana Souza Silva

COVID 19 - Lutamos para manter o senso de normalidade

Atualizado: Abr 18

O movimento causado por esse vírus é quase imensurável e tem afetado a vida física, mental, finananceira de todos os seres que habitam neste planeta. De norte a sul, de leste a oeste, e por aí vai até o outro lado do mundo.


Estive refletindo, lendo alguns artigos e conclui que para sobreviver em uma crise, devemos ter cautela, como um maratonista que inicia uma maratona, poupando sua energia na largada, pois tem ciencia de que precisará ter folego e determinação para chegar até o final.


Muitas pessoas iniciaram o processo de quarentena tentando manter o máximo possível a normalidade de suas vidas. A fim de se sentirem ainda mais produtivas, além do Home office, iniciaram uma quantidade consideravél de cursos e estão tentando manter um cronograma de atividades extras bem rigoroso.


Claro que é simplesmente impossível levar a vida como se nada disso estivesse acontecendo, e manter-se ocupado ajuda e muito. Mas lembre-se, não é somente no agora que devemos focar, mas também no que virá depois.


Veja abaixo 3 momentos importantes que configuram esse isolamento. Ultilize meu texto como um guia com dicas valiosa que irão ajudar voce!

Começo pelo primeiro momento, que pelo grande impacto, fez-nos sentimos perdidos e desconfortáveis. Essas sensações são extremamente benéficas, pois é um sinal de que voce não está em processo de negação da realidade.


Ignore um pouco o chamado de tantos anúncios e ofertas de cursos que você encontra nas redes sociais, fique um pouco no ócio, corte os ruídos externos, permita-se encontrar o seu tempo, se tiver que pular uma refeiçao faça!


Você não está fracassadndo só esta tendo uma oportunidade de se ouvir e perceber seu funcionamento.


No Segundo momento quero chamar a atençao para o seu funcionamento mental.

É importante sentir-se seguro por estar respirando, sentir-se estável junto com aqueles que estão a sua volta, ou com você mesmo. É um precioso momento onde o corpo e mente estarão se integrando.


Aqui você já irá começar a abandonar a auto-cobrança por elta perfomrmance, pois o sentido das coisas está mudando e você passará a ser mais autêntico em suas questões e ações, inclusive no trabalho.


Muitos sentimentos devem aflorar; sinceridade, alegria, tristeza, ódio, raiva, felicidade, impaciência, amor...


Uma dica: Cultive a humildade, a paciência e aceite que tudo bem ter lados feios, todos nós temos, nem tudo é só amor, mas o importante desse exercício é observar como se sente e dedicar um tempo para cuidar de você !


No terceiro momento, os sentimentos e as ações já estarão mais consolidados.

Esse é o momento de você organizar sua agenda, listando suas prioridades, começando pelo simples até o mais complexo. Neste momento também faz mais sentindo iniciar um exercício fisico regular, a Yoga, retomar hobbies (aula de música ou outras atividades de sua preferencia) os cursos on line, etc.


Aqui já é possível entender a complexidade da sua quarentena e a crise que está ao nosso redor. Então prepare-se para a próxima etapa que iremos enfrentar, a recuperação pós quarentena, um processos lento que exigirá muito de todos nós.


Após o ajuste da sua agenda, trabalhe com serenidade e veja como estará mais produtivo fazendo atividades que você consegue mensurar. Acredite!


Silvana Souza Silva




5 visualizações